Segredos do Reino - Lucas Hargreaves

2 Comments







Autor: Lucas Hargreaves
Págs: 352
Gênero: Fantasia
Formato: 14 X 21
Editora: Novo Século | Selo: Talentos da Literatura Brasileira
Lançamento: 2015











Sinopse: O que uma princesa, um comerciante sem sorte, uma pintora excêntrica, o líder de uma quadrilha, um monge amnésico e um homem depressivo com apenas dez centímetros de altura têm em comum? Bem, por ora apenas um único objetivo: desmascarar o perverso rei Clausius perante a população do reino, destronando-o de uma vez por todas. Conseguirão eles lidar com todos os obstáculos que atravessam seu caminho, incluindo o próprio exército real?

Acompanhe as aventuras (ou desventuras?) de Clarissa e Miguel, e embarque em uma narrativa ágil e surpreendente, repleta de conflitos, suspense e reviravoltas que o farão repensar se tudo é mesmo o que parece ser. Desbrave os territórios mais longínquos de Merquillian, e desvende as conspirações e artimanhas de Clausius, que, até então, eram segredos do reino.

"Há peças demais no xadrez. É hora de chacoalhar o tabuleiro." - Rei Clausius.



Resenha



 Claudius é um jovem rei a qual parece totalmente inocente e de uma aparência angelical. Porém, nem tudo é o que parece. Claudius mora com sua sobrinha Clarissa a qual criou com todo amor e sempre deu absolutamente tudo. Mas será que ele é tão bondoso assim?

 Em um certo dia Abraão e Miguel decidem invadir o Castelo para tirar satisfações com o Rei. Infelizmente Abraão se encontra com Clausius primeiro. Com muito ódio nos olhos e raiva, Miguel acaba presenciando o que não gostaria de ter visto, isto junto com Clarisse.

 Depois desse caos o reino vira de cabeça para baixo, Clarisse decide fugir com Miguel e começa a investigar o que realmente foi escondido dela por tanto tempo e todos os segredos que ainda estão guardado no reino e que seu tio Clausius escondeu. Com toda sua influência o rei acaba colocando pessoas para caçar os dois fugitivos e ambos acabam se perdendo.

“Não sei como ainda estou vivo pra ser sincero. Se isso tudo fosse uma obra literária composta de histórias mágicas, certamente cobraria explicações do autor, depois de lhe dar uns bons beliscões é claro.” -Miguel

 Vamos acompanhar Miguel durante uma boa parte da história e também no livro podemos acompanhar o que aconteceu no passado e no presente. (O escritor soube muito bem conduzir isso sem nos deixar perdidos como leitores). Miguel acaba descobrindo outros reinos e lugares até então, desconhecidos no reino.

Nessa parte começa aparecer novos personagens ao qual sinceramente eu queria te-lôs na vida real e com certeza chamar para conversar em minha casa.Como diz a própria sinopse "uma princesa, um comerciante sem sorte, uma pintora excêntrica, o líder de uma quadrilha, um monge amnésia e um homem depressivo com apenas dez centímetros de altura tem em comum?" Já deu para imaginar como essa história é instigante, certo?

Opinião

Garantido uma dose de boas risadas, ironia e mistério posso afirmar que o escritor fez de uma escrita simples uma excelente história, cheia de pontos curiosos e que nos instiga à sempre pensar daquelas forma "só mais um capítulo".
O reino de Merquillian é muito bem mostrado para nós, com detalhes suficiente para entendermos bem como funcionava tudo. Agora vou falar um gosto particular, eu amo livros com mapas quando se trata de reinos mágicos (assim como: Sombra e Ossos e Um Novo Mundo - Johnny Bleans), senti falta desse mapa, obviamente isso não muda o fato da história ser ótima, é só uma curiosidade com o mapa mesmo!



Sobre o autor


Resultado de imagem para Lucas Hargreaves

 Desde cedo, escrever e criar sempre foram os verbos e hobbies preferidos de Lucas Hargreaves. Nascido em Brasília no ano de 1991, o autor foi criado e reside em Belo Horizonte. Formou-se em Publicidade e Propaganda pela universidade PUC-MG, e possui experiência em Marketing, Mídias Sociais e Design Gráfico, segmentos da área que contribuem para expandir seu potencial criativo, não somente em sua trajetória profissional, como também em projetos pessoais. Para o autor de Segredos do Reino, a leitura e a escrita se completam como inesgotáveis fontes de conhecimento, diversão e fantasia.


You may also like

2 comentários :

  1. NÃO CONHECIA O LIVRO ! ÓTIMA DICA PARECE SER BEM INTERESSANTE..

    ResponderExcluir
  2. Ele vai escrever a continuação será

    ResponderExcluir